Seguidores

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Prisão por Pichação

cpmbmrs.blogspot.com.br
Rua Henrique Dias, próximo Prefeitura Municipal de Sapucaia do Sul/RS, policiais militares do Pelotão de Operações Especiais 33º BPM prenderam um homem de 19 anos pichando área publica.
A ação se deu depois que policias avistaram o jovem próximo de locais com pichações recentes, ele tentou esconder um frasco de spray, mas foi alcançado e preso.
O jovem cometeu o crime previsto no artigo 65 da Lei de Crimes ambientais, para ele foi confeccionado um termo circunstanciado, ele será levado a juízo para responder pela sua conduta criminosa.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Moto roubada e drogas apreendidas em Gravataí

cpmbmrs.blogspot.com.br
Travessa Madri, no Bairro São Judas Tadeu, em Gravataí, uma guarnição do POE do 17ºBPM prendeu um suspeito de 18 anos, com antecedentes criminais por porte ilegal de arma e violência doméstica. Com ele os Policiais apreenderam 46 pedras de crack, 03 buchas de cocaína, R$ 298,00. No pátio da residência os Policiais localizaram várias peças de motocicletas e um motor de moto com a numeração batida. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Gravataí, autuado em flagrante por tráfico de entorpecente e recolhido ao Presídio Central.


segunda-feira, 27 de outubro de 2014

ACIDENTE, TIROTEIO E MORTE NA BR 290


cpmbmrs.blogspot.com.br
BR 290, KM 58, município de Glorinha, policiais rodoviários federais foram chamados para atender uma ocorrência de acidente, ao chegar ao local se depararam com um homem baleado, já em óbito. 
cpmbmrs.blogspot.com.br
 Por volta das 10h, a PRF recebeu o alerta de que havia ocorrido um acidente na altura do quilômetro 59 da rodovia. Ao chegarem ao local, os agentes da PRF encontraram um homem, identificado como Fernando Silveira Bertagnoli, 31 anos, morto a tiros ao lado do Palio que havia saído da pista.
cpmbmrs.blogspot.com.br
  Os policiais ainda localizaram um segundo homem, vestindo apenas cuecas, que fugia com um revólver a cerca de 500m dali, em direção a uma propriedade rural.

Testemunhas relataram que havia dois homens no veiculo e que um saiu correndo após o acidente com uma arma nas mãos. De posse da informação a PRF pediu o apoio da BM, e helicóptero conseguindo encurralar o delinquente que entrou num lago na beira da estrada trocando tiros com a policia.
cpmbmrs.blogspot.com.br
 No primeiro momento, a polícia chegou a trabalhar com a hipótese de que esse tivesse sido o desfecho de um sequestro, mas essa possibilidade é praticamente descartada. Os dois envolvidos tinham antecedentes criminais e é possível que tenham se desentendido após o acidente.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

CRIMES DE ROUBO, SEQUESTRO E CARCERE PRIVADO



cpmbmrs.blogspot.com.br

Na quinta-feira (23/10), três homens renderam uma representante comercial de 48 anos, no momento em que ela saía de um supermercado na Rua Jerônimo Timóteo da Fonseca, bairro São Jerônimo, em Gravataí. O trio embarcou com a mulher em seu próprio veículo, um Fiat Siena, e fugiu em direção a RS 118. Na esquina do Morro do Coco com a RS 118, o veículo se deparou com cinco viaturas do 17º Batalhão de Polícia Militar. Mesmo cercados, eles não pararam e fugiram pela RS 118 em direção a Alvorada. Já naquele município, e com o apoio de mais seis viaturas do 24º Batalhão de Polícia Militar de Alvorada, o veículo foi interceptado, a vítima libertada e os criminosos presos.

Os três suspeitos já respondem por homicídio doloso, porte ilegal de arma e furto, roubo a pedestre, roubo a posto de combustível, roubo a taxista, roubo a estabelecimento comercial, receptação, furto, violação de domicílio e posse de entorpecente.

Um dos suspeitos cumpria pena em regime semi aberto e foi contemplado com o benefício de saída temporária.

Outro suspeito de 32 anos, em 12 de agosto de 2014, já havia sido recapturado pela BM após fugir do presídio, e mesmo assim recebeu o benefício de saída temporária.

Todos os detidos são moradores de Gravataí. As armas utilizadas no crime não foram localizadas, e segundo a vítima foram dispensadas pelos delinqüentes durante a fuga. Os criminosos foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Alvorada, autuados em flagrante pelos crimes de roubo, sequestro e cárcere privado e recolhidos ao Presídio Central.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Líder dos "Bala na Cara" solto pela Justiça Gaucha há um mês, após ser preso em flagrante com 20 kg de cocaína, é preso novamente

Luis Fernando da Silva Soares Júnior, o Júnior, líder dos "Bala na Cara" / Foto: Reprodução
A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta sexta-feira (17) uma operação em dois estados do Brasil e prendeu em Porto Alegre o líder da quadrilha de traficantes dos “Bala na Cara“, que havia sido solto no final de setembro por, segundo o juiz, "falta de provas". Luís Fernando da Silva Soares Júnior havia sido preso em julho com cerca de 20 quilos de cocaína em um carro, em hospital da cidade, e a Justiça entendeu que não havia provas suficientes para mantê-lo detido.


Operação
cpmbmrs.blogspot.com.br
Acredite... isso é "Falta de provas".
Na manhã de hoje, cerca de 100 agentes realizaram a Operação Bom Jesus para coibir o tráfico internacional de armas e drogas no Rio Grande do Sul (RS) e no Paraná (PR). Foram cumpridos dez mandados de prisão preventiva e dez de busca e apreensão em Porto Alegre, quatro presos, e Cachoerinha, um preso, além de Cascavel, dois presos, e Foz do Iguaçu, um preso, no PR. Foram apreendidos veículos, dinheiro e armas. Dois mandados foram cumpridos em presídios gaúchos, Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (PASC) e Presídio Central.

Quadrilha
Foi desarticulado o grupo criminoso dos “Bala na Cara” que domina o tráfico de drogas e armas, especialmente no bairro Bom Jesus, zona leste de Porto Alegre e em outras regiões da cidade. Uma das características da quadrilha é conquistar territórios através da violência contra outros grupos por meio da utilização de armamento pesado e do controle de galerias em presídios.

Investigação
A investigação começou em fevereiro em Porto Alegre. Foi apurado que os “Bala na Cara” compravam cocaína e armas no Paraguai e transportavam em compartimentos escondidos em veículos. O ingresso no Brasil se dava principalmente por Foz do Iguaçu, fronteira com Ciudad del Este, no Paraguai, e depois era vendida em pontos de tráfico da capital.

Apreensões
Desde o início, a PF interceptou três cargas que totalizaram aproximadamente 120 quilos de cocaína, além de três pistolas de calibre restrito (9mm) e duas 380, de uso restrito. A apreensão resultou em sete prisões. Os flagrantes ocorreram em junho, em um depósito na Vila Nova, em julho, quando um veículo transportado por um guincho foi abordado em posto de combustíveis e também em julho, quando o líder do grupo, Luís Fernando Soares, o Júnior, foi preso em flagrante ao receber veículo com drogas em estacionamento de hospital em Porto Alegre.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Suspeita de estupro não é estupro, diz juiz Paulo Irion a ZH.

cpmbmrs.blogspot.com.br
Responsável por impedir a prisão preventiva de um homem de 25 anos, suspeito de estuprar uma menina de 16 na noite de domingo na região da Usina do Gasômetro, em Porto Alegre, o juiz Paulo Irion afirma que é preciso ter certeza de que o suspeito – réu primário – cometeu o crime antes de prendê-lo. Segundo o magistrado, isso só ocorrerá após o laudo no corpo da vítima, ainda sem data para ser entregue.
Morador de rua salvou garota ao denunciar crime
O homem teria sido flagrado por um morador de rua estuprando a garota por volta das 23h do último domingo na orla do Guaíba. Outro suspeito, de 56 anos – que estaria armado e observando o ato –, foi recolhido porque Irion entendeu que ele possui antecedentes criminais por abuso sexual que justificam a detenção.
Após denúncia, policiais prenderam a dupla em flagrante. Um deles trocou tiros e tentou se esconder em um matagal próximo. Segundo a Polícia Civil, o caso seria isolado e não estaria vinculado a uma onda de ataques.
Leia os principais trechos da entrevista concedida pelo juiz Paulo Irion ao Diário Gaúcho:

Por que você optou pela liberdade do suspeito?A vítima não foi submetida a laudo de natureza sexual, então, eles são suspeitos de estupro. Tudo que está circulando na mídia (de que eles estupraram a garota) está se dando sem ter certeza. Um deles teve a prisão preventiva decretada porque já ostentava antecedentes criminais, inclusive de crimes de natureza sexual. Em relação ao segundo, primário e sem antecedentes, a lei estabelece que só é possível a prisão depois que o juiz afastar todas as hipóteses de medidas alternativas à prisão preventiva. Quero ressaltar que não foi concedida a ele uma liberdade provisória.

Que tipo de liberdade foi concedida, então?
Ele ficou sujeito a três condições: comparecimento ao juiz para informar suas atividades, proibição de aproximar-se da vítima ou familiares a uma distância de 300 metros e proibição de ausentar-se da Comarca em que reside (Porto Alegre) sem prévia autorização do juiz. Ele foi ao cartório assumir o compromisso e terá de comparecer mensalmente.

Então o senhor impediu a prisão por entender que não há provas de que ele estuprou a garota?
Estou contestando nesse momento que todos falam sobre estupro sem certeza. Há que aguardar o laudo. A menina teve alta, esperamos a conclusão do inquérito em dez dias, e o Ministério Público terá cinco dias para oferecer denúncia criminal. Depois do processo, se ficar comprovada a participação do suspeito (de 25 anos), a punição para ele será a prisão.

Mas com base no quê o senhor decidiu pela prisão do outro homem, se não há laudo?
Temos alguns balizadores que nos possibilitam decidir de uma forma ou outra. Em relação a este suspeito, vemos a necessidade da prisão preventiva, que hoje é uma exceção e não a regra.

Estupro é “fato isolado”

A Justiça mandou soltar, nesta terça-feira, um dos dois suspeitos de estuprar uma adolescente de 16 anos na noite do último domingo, próximo do Anfiteatro Pôr do Sol, em Porto Alegre. Segundo o juiz da 6ª Vara Criminal da Capital, Paulo Augusto Oliveira Irion, a decisão foi tomada com base no fato de o jovem de 25 anos ser réu primário.

— Ele não tinha antecedentes criminais. (O estupro) é um fato isolado na vida dele — justificou o juiz.

Com a decisão, mesmo tendo sido preso em flagrante, Marlon Patrick Silva de Mello, que completou 25 anos exatamente no dia em que cometeu o crime, vai responder em liberdade. No entanto, deve cumprir algumas exigências, como comparecer em juízo regularmente e não se aproximar da vítima.

Ainda conforme Irion, o segundo suspeito, Rodnei Alquimedes Ferreira da Silva, 56 anos, deve permanecer preso até o julgamento, porque já foi condenado anteriormente, incluindo tentativa de estupro.

A menina de 16 anos, que estava internada no Hospital Fêmina, ganhou alta, segundo o Grupo Hospital Conceição, às 13h20min desta terça-feira.

"Essa é a nossa lei", lamenta delegado
Responsável pelas investigações do caso, o titular da Delegacia de Polícia da Criança e Adolescente Vítima (DPCAV), Leandro Cantarelli Lisardo, lamenta a soltura de um dos suspeitos e destaca que a polícia tem "provas robustas" contra os dois:

— Eles foram presos em flagrante, têm diversas testemunhas que presenciaram a cena, desde moradores de rua até policiais civis e militares, sem falar nas condições em que a vítima estava. Essa é a nossa lei — critica.

E vai além:

— A gente troca tiro, prende os criminosos, salva a vida de uma menina. O que mais a gente pode fazer? Para piorar, a vítima ainda se torna culpada. Se ela havia bebido, não cometeu nenhum crime. Quem cometeu foi quem vendeu bebida para uma adolescente. As coisas estão completamente invertidas.

A adolescente deve ser ouvida pelos investigadores nos próximos dias. O depoimento deve servir para reforçar o inquérito a ser remetido ao Ministério Público.

Foi graças a três moradores de rua que a polícia conseguiu prender os dois suspeitos. Ao ouvir os gritos da vítima, dois deles foram tentar socorrer a garota enquanto outro correu à Delegacia da Criança e do Adolescente (Deca) para chamar a polícia. O caso aconteceu próximo ao Anfiteatro Pôr do Sol, por volta das 23h30min de domingo.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

CONTRABANDO DE CIGARROS

Um homem foi preso com 124 pacotes de cigarro de fabricação paraguaia, na quarta-feira (08/10), às 11h, na Estrada Capitão Gentil Machado de Godoy, Bairro Vila Elza em Viamão, por uma guarnição do 18º BPM/Companhia de Operações Especiais (COE).
cpmbmrs.blogspot.com.br

domingo, 12 de outubro de 2014

Roubo em Gravataí/RS


cpmbmrs.blogspot.com.br

Dois homens, um de 19 anos e outro de 20 anos, logo após terem assaltado uma residência na Avenida Planaltina no bairro Planaltina, em Gravataí. Os suspeitos foram presos nesta sexta-feira, 10, por uma guarnição da PATRES com o apoio do Grupamento de Motos e das viaturas da 2ª Cia do 17º Batalhão de Polícia Militar que efetuaram o cerco e as buscas após a informação da ocorrência pelas vitimas. Um dos presos, com antecedentes criminais por roubo de veículo e receptação, estava em liberdade provisória desde o último dia 23 de agosto, contra o qual havia um mandado de prisão expedido pela Vara Criminal de Porto Alegre.  O outro preso estava na posse de um revólver calibre 32. Foi apreendido com a dupla R$ 2.110,00, e a motocicleta que pelo sistema deveria estar baixada. Eles foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Gravataí, autuados em flagrante por roubo e recolhidos ao Presídio Central.